sexta-feira, 4 de outubro de 2013

LENDAS II - AS SEREIAS -3 -



Muitas vezes os marinheiros que regressavam de terras e mares distantes 
contavam histórias de sereias e mulheres do mar. Numa obra publicada em 
Amsterdam em 1717, contendo incontáveis ilustrações sobre a fauna marinha 
dos mares da Índia, encontramos uma descrição pormenorizada de uma 
mulher do mar encontrada nas Índias Orientais. Nesta obra se lê: "Monstro 
semelhante a uma sereia apanhado perto da ilha de Borne, em Ambione
Tinha cerca de 1,50 m e a espessura de uma enguia. Viveu em terra dentro de 
um recipiente cheio de água, durante quatro dias e sete horas. De tempos a
 tempos soltava pequenos gritos, como os de um rato. Não aceitou qualquer 
alimento, embora se tenha oferecido peixe miúdo, caranguejos, lagostas, etc.".



Conta-se que na costa oriental do 
continente africano, foi encontrada 
uma sereia multicolorida que tinha 
os cabelos da cor de algas 
marinhas, pele cor de azeitona e 
membrana da mesma cor entre os 
dedos. Apresentava em torno da 
cintura uma franja de cabelo cor de 
laranja com extremidades azuis. 
Suas barbatanas eram verdes e o 
seu rosto cinzento,continha 
pequenas rugas características 
da longa permanência sob a água. 
Ao longo de sua cauda apresentava 
uma delicada fileira de pelos 
cor-de-rosa.






Afirma-se que um africano, no século XIV, conseguiu salvar a própria vida, 
afirmando-se  de uma natureza semelhante à das sereias. Um rei chamado 
Chen, senhor do Benin (hoje parte do território da Nigéria), ficou paralítico 
das pernas. Para escapar da morte certa, já que era costume tribal da época 
eliminar os reis velhos e doentes, astutamente mandou espalhar o boato que 
transformara-se em uma divindade marinha que o levou a ter suas 
extremidades inferiores transformadas em cauda de peixe. Assim, ele pode 
imobilizar-se e esconder as pernas inúteis sob um manto de pele de leopardo.
No Museu Britânico em Londres, existe até uma estátua retratando o 
criativo monarca nestas condições.

Continua na próxima postagem...

Desejo a todos um excelente final de semana.

Clóvis de Guarajuba
ONG Ande & Limpe

Nenhum comentário: