sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

RESPONDA SE FOR CAPAZ...( silogismo ).

.
.

Os tres amigos batiam papo em uma praça. Um deles sentiu fome e sugeriu que
fossem à lanchonete ali da esquina fazer um lanche. Proposta aceita, os tres se
dirigiram ao estabelecimento, lancharam e, ao final, pediram a conta. O garçom,
solicito, disse que a despesa era R$ 30,00. Cada um dos tres entregou ao garçom
uma nota de R$ 10,00. Ao chegar ao caixa e entregar o dinheiro, o garçom ouviu
do dono da lanchonete a seguinte observação:
.
- Eles são clientes antigos e merecem um desconto. Dito isso, entregou ao garçom
R$ 5,00, para serem devolvidos aos clientes. Mais por uma questão de troco do
que por desonestidade, o garçom devolveu a cada um dos amigos apenas R$ 1,00
e embolsou os outros R$ 2,00. Ora, ao devolver R$ 1,00 a cada um dos amigos,
na verdade, cada um pagou R$ 9,00.
Mas veja que curioso: se cada um pagou R$ 9,00 os tres pagaram R$ 27,00
( 3xR$ 9,00). Se o garçom embolsou R$ 2,00, chega-se à seguinte conta:
R$ 27,00 + R$ 2,00 = R$ 29,00.
.
Onde será que foi parar o outro Real???
.
Bom final de semana para todos, até a próxima.Abraço,
.
Clóvis de Guarajuba
ONG Ande & Limpe

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

A CARTA


Queridos pais,

Hoje faz 3 meses que estou na faculdade. Sei que demorei a escrever e sinto
te-los desapontado. Vou colocá-los agora a par de tudo. Peço que sentem-se
antes de continuar a leitura, ok?

Já estou bem. A fratura e o traumatismo craniano que tive ao pular da janela do
meu quarto em chamas, logo após minha chegada, estão praticamente curados.
Passei só 2 semanas no hospital e minha vista ja está quase normal. As malditas
enxaquecas só estão me torturando uma vez por semana. Como o incêndio foi causado
por um descuido meu, teremos que pagar por volta de quinze mil reais à faculdade,
pelos danos causados. Isso, porém, não é nada, o importante é que estou vivo, não é
mesmo? Felizmente a atendente da lavanderia que fica em frente, viu tudo. Foi ela
que chamou os bombeiros e a ambulância. Ela também foi me ver no hospital e, como
eu não tinha para onde ir - meu apartamento virou cinzas com o incêndio - ela teve a
gentileza de me convidar para morar com ela. Na verdade é um pequeno quarto no
subsolo, mas muito aconchegante. Embora com o dobro da minha idade, é uma
mulher adorável e estamos perdidamente apaixonados. Queremos nos casar
proximamente antes que sua gravidez fique evidente. Pois é, meus queridos, serei
papai logo, logo!!! Sabendo como anseiam por ser avós, tenho certeza que acolherão
o bebê com o mesmo amor e carinho que voces me deram quando eu era pequeno.
A única coisa que está atrasando a nossa união, é uma pequena infecção que minha
noiva pegou antes de me conhecer, que nos impede de fazer os testes pré nupciais.
Também , por descuido, acabei pegando a tal infecção, mas ela vai ser logo debelada
pelas maciças doses de antibiótico que estou tomando. Sei que a acolherão de
braços abertos em nossa família. Ela é muito amável e, mesmo não tendo estudado,
ela tem muita ambição. Embora não seja da mesma raça e religião que nós, sei que
são tolerantes e, tenho certeza que não ligarão para o fato de sua pele ser um pouco
mais escura que a nossa. Estou certo que a amarão tanto quanto eu a amo.
Como ela tem aproximadamente a mesma idade de vocês, sei que se divertirão
muito juntos. Os pais dela são pessoas muito legais: seu velho pai foi, nos bons
tempos, um mercenário famoso na aldeia da África de onde vieram.

Agora que lhes botei a par de tudo, é preciso que lhes diga que não houve incêndio
nenhum, não tive fraturas nem traumatismo no crânio, não fui parar no hospital,
não estou noivo, não tenho sífilis, não vou ser pai e não tenho nenhuma mulher
bronzeada em minha vida. É que tirei zero em física, dois em matemática, um em
biologia e quiz demonstrar que existem coisas muito piores na vida que notas baixas!

Beijos do filho que muito os ama.

***********************

Vou viajar para a Amazônia na segunda feira. É a primeira das tres viagens que
faço anualmente à essa região. As postagens, porem, não sofrerão solução de
continuidade: continuarão sendo publicadas às sextas feiras.
Grande abraço, um ótimo final de semana pra todos e até a volta.

( esta postagem foi publicada em 27.03.2009 )

Clóvis de GuarajubaONG Ande & Limpe

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

É A VIDA....

.
.

A moça estava na sala de espera de um grande aeroporto aguardando o
embarque. Como o voo estava atrasado, resolveu comprar um livro para
ajudar a matar o tempo. Além do livro comprou, também, um pacote de
bolacha. Sentou numa das cadeiras da sala VIP para descansar e ler em paz.
Logo chegou um homem e sentou-se ao seu lado. Quando ela pegou a primeira
bolacha, o homem também pegou uma. Ela ficou indignada mas não disse nada.
.
Apenas pensou:
.
-Mas que cara de pau!...
Se estivesse mau humorada lhe daria um soco no olho para que ele nunca mais
esquecesse... E, a cada bolacha que ela pegava, o homem também pegava uma.
Aquilo a deixou tão irritada que nem reagir conseguia.
.
Quando restava apenas uma bolacha, ela pensou:
.
-O que será que esse abusado vai fazer agora?!
.
Então o homem, gentilmente, dividiu a bolacha ao meio, deixando a outra metade
para ela.
.
Ah! aquilo era demais! Ela estava bufando de raiva! Pegou o livro e suas coisas e
se dirigiu ao local de embarque. Quando ela se sentou, confortavelmente, numa
poltrona, já no interior do avião, olhou dentro da bolsa pra pegar uma bala e, para
sua surpresa, o pacote de bolacha estava lá... ainda intato, fechadinho!
AH!!! QUE VERGONHA!
Só então percebeu que a errada era ela, sempre tão distraida! Ela havia esquecido
que guardara as bolachas dentro da bolsa. O homem havia dividido suas bolachas
numa boa, sem ficar indignado, nervoso ou revoltado, enquanto ela se sentiu
transtornada, pensando estar dividindo suas bolachas com ele... E ja não havia
mais tempo para se explicar ou pedir desculpas...Existem quatro coisas na vida
que não se recuperam:
- a pedra, depois de atirada;
- a palavra, depois de proferida;
- a oportunidade, depois de perdida;
- o tempo, depois de passado...
.
Bom final de semana, grande abraço.
( esta postagem foi publicada em 25.12.2009 ).
.
Clóvis de Guarajuba
ONG Ande & Limpe

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

- E DEUS CRIOU O BICHO HOMEM.. ( simples conjecturas ).



                                                                     - Imagens Internet -

A criação dos animais, diferente do que pensamos, não começou pelo homem. Tudo se deu da seguinte forma:
O primeiro animal criado foi o jumento. Deus o criou e disse:
- Em alguns dias vou criar um bicho que chamarei de " homem ". Ele aprenderá a cultivar a terra e você deverá, todo dia, trabalhar no campo arando a terra e carregando tudo o que ele precisar para seu sustento. Para este trabalho exaustivo lhe vou conceder 60 anos de vida....
O jumento pensou um pouco e disse:
- É um trabalho muito duro; uma vida de sacrifícios pra durar 60 longos anos. Proponho viver somente 20 anos e lhe devolver os outros 40.
E Deus aceitou a proposta, afinal a vida era dele...
Depois, Deus criou o cachorro e disse:
- Você ficará deitado sob o sol ou a chuva, em frente à casa do homem e latirá para chamar sua atenção, quando vir qualquer outro animal passando por perto. Pra isto vou lhe dar 20 anos de vida...
E o cachorro retrucou:
- Mas Senhor, é uma vida muito longa pra ficar latindo! Dê-me apenas 10 anos e lhe devolvo os outros 10.
E Deus aceitou também.
E veio a criação do terceiro animal. Deus criou o macaco e lhe disse:
- Você viverá divertindo as pessoas fazendo-os rir e se sentindo animados. Vou lhe conceder 20 anos de vida por isso.
O macaco respondeu:
- Mas meu Criador, é uma vida interminável fazendo macaquices. Faça o que fez com o cachorro, dê-me apenas 10 anos e lhe devolvo os outros 10.
E, na mesma linha, Deus aceitou.
Finalmente chegou o dia da criação do bicho homem. Depois de criá-lo, Deus disse:
- Você não precisará se preocupar com nada. Coma, faça sexo, durma, brinque, etc. Pra isso lhe vou conceder 20 anos de vida.
E o homem protestou dizendo:
- Não é possível. Só 20 anos? Que miséria! - e prosseguiu - Que tal se eu pegar os 40 anos que o jumento lhe devolveu, os 10 do macaco e os 10 do cachorro?! Assim, ficaria com 80 anos de vida!...
E Deus respondeu:
- Negócio fechado!
E é por isso que durante os primeiros 20 anos das nossas vidas comemos, brincamos, dormimos e fazemos muito sexo, praticamente sem fazer outra coisa; nos outros 40, trabalhamos feito jumentos pra nos sustentar e à família, nos 10 seguintes fazemos macaquices para divertir os nossos netos e nos últimos 10, ficamos na frente de casa vigiando e tomando conta da vida dos outros... rsrsrsrs

Até a próxima.


sexta-feira, 6 de novembro de 2015

- TV GLOBO: IGNORÂNCIA OU MÁ FÉ ???


Castanha do Pará

Estão rolando nas redes sociais reações de paraenses a declarações imbecis, 
publicadas principalmente pela TV Globo, segundo as quais o secular e consagrado 
nome " Castanha do Pará ", deveria ser mudado para        " Castanha do Brasil ". 
Não sei em que esta emissora se baseou para proclamar tal idiotice. Em base 
científica é que não foi. Se, antes de divulgar tamanha estupidez, tivessem a 
preocupação de pesquisar, verificariam que o nome " Castanha do Pará " não tem 
origem apenas no fato de Belém ser a metrópole mais marcante e importante da 
Amazônia, econômica, social e intelectualmente. Além de ser o centro imemorial 
de comercialização da amêndoa famosa e riquíssima em nutrientes, está 
cientificamente provado que essa espécie vegetal é oriunda UNICAMENTE 
do nordeste do Pará. Ao se darem ao trabalho de pesquisar nas páginas da 
National  Geographic na Internet, descobririam o resultado de pesquisas científicas 
sobre a castanheira ali publicado, cujas principais constatações passo a transcrever,
 " ad litteram ":
" ... No entanto, resistem no presente amazônico outras evidências, às vezes tão 
antigas quanto os próprios sítios, que também podem nos revelar dados sobre o 
passado. Um exemplo: as matas de castanhais abundantes. Quem já andou em 
um castanhal sabe que esta é uma jornada quase mística: as árvores são 
imensas e ultrapassam a altura média da copa da floresta; pilhas da casca da 
fruta da castanha (os ouriços) espalham-se pelo chão e animais como as cutias 
podem ser vistos correndo de um lado para outro. Uma castanheira demora 
décadas para crescer e começar a frutificar. Muitos castanhais têm centenas de 
anos de idade. Sabemos hoje que A DISPERSÃO DESSAS ÁRVORES 
OCORREU A PARTIR DE UM CENTRO ORIGINAL NO LESTE DO PARÁ. 
Sabemos ainda que existem na natureza apenas dois animais que conseguem 
quebrar a casca do ouriço e dispersar sua castanha: a cutia e o Homo Sapiens. 
Assim, é certo que a dispersão dos castanhais se deu por meio da atividade 
humana. Ao mesmo tempo, a baixíssima variabilidade genética entre 
castanhais localizados em pontos distintos da Amazônia como se os espécimes 
tivessem sido clonados, sugere que o processo da dispersão foi recente e 
começou 2 mil anos atrás, em sincronia com o processo de florescimento 
cultural, indicado nos sítios. Ou seja, castanhais não são apenas produtos da 
natureza mas também resultado concreto da presença humana ancestral na 
Amazônia ". Tudo isto nos leva a concluir que os castanhais existentes em outros 
locais da Amazônia (Acre, Amazonas, etc.), foram plantados pelos povos 
pre-colombianos que se deslocavam ativamente pela região. Portanto, fiquem os 
paraenses tranquilos: imbecis não podem mudar os fatos!!!

Cervejas com sabores na Estação das Docas em Belém





Outra " barrigada " foi dada pela repetidora da Globo 
aqui em Salvador: publicaram uma chamada para 
determinado programa ( não me lembro qual ,) que 
anunciava o convite para o telespectador conhecer e 
provar a " novidade " que era  uma " cerveja com 
sabor de banana " rsrsrsrsr... Ora, há mais de dez 
anos na Estação das Docas, em Belém, já são 
fabricadas - na frente dos fregueses, para quem 
quiser ver - cervejas com sabor de bacuri, cupuaçu 
e outras frutas regionais.







Como bem disse o poeta Rodrigues Pinagé:
"Privilégio da gleba agressiva e frondosa que se espelha no lago adormido e 
sem ondas..."

Vale aqui o adágio: " Os cães ladram e a caravana segue "....

Um ótimo final de semana a todos.

Abraço,


Clóvis de Guarajuba
ONG Ande & Limpe

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

PEDIDO DE ESCLARECIMENTO...

..................................................Clique na foto e veja em tamanho natural.


Estou voltando de mais uma viagem à Amazônia. Dessa vez fui à ORIXIMINÁ, no
oeste do PARÁ, acompanhando minha irmã mais nova que, como eu e os demais
irmãos, nasceu nessa cidadezinha linda e privilegiada, em cujo subsolo se encontra
uma das maiores minas de bauxita do planeta. Minha irmã, CLEISY, saiu de lá com
apenas 8 meses de vida, vindo, com o restante da família, morar em BELÉM. Seu
sonho, ora realizado, era voltar à terra natal para conhecê-la de verdade. Nessa
visita revi alguns contemporâneos que por la ficaram, entre eles o meu querido
amigo de infância ANTONIO SIQUEIRA, apelidado de "BOLA", graças ao seu
fascínio pelo futebol. Fiquei chocado com as sequelas resultantes de um AVC por
ele sofrido, segundo suas explicações, devido ao elevado grau de colesterol LDL
descoberto quando fez exame de sangue. Não é ele o único conhecido que teve tal
acidente. Muitas são as pessoas que, muito pior do que sequelas, morrem vitimadas
por tal flagelo. Como faço sempre que posso, meu retorno à BELÉM se deu viajando
num dos inúmeros navios que cortam os rios amazônicos transportando cargas e
passageiros. É que adoro as paisagens e a conversa com ribeirinhos que contam - por
suas condições econômicas - apenas com essa opção de transporte.
.Durante a viagem me veio ao pensamento a seguinte questão:
.A tecnologia ja permitiu a criação de máquinas prodigiosas como as de hemodiálise.
Ela livra o sangue de elementos nocivos, devolvendo ao sistema circulatório do
paciente o sangue reciclado; já criaram máquinas que reciclam o óleo queimado
tornando-o reutilizável; já criaram tecnologia capaz de transformar o óleo
comestível, usado, em biodiesel.
.Pergunta de um leigo que quer aprender e continuar a acreditar
na humanidade:

.
POR QUE AINDA NÃO INVENTARAM UMA MÁQUINA CAPAZ DE REDUZIR
O MAU COLESTEROL DO SANGUE ??? Será que devo deduzir que são os
fabricantes de DROGAS ( se voce se der ao trabalho de ler a bula certamente não
terá coragem de usá-las ) que não o permitem!? Por favor, ME ORIENTEM!!!
.Pra não dizerem que apenas critico sem contribuir dou, a seguir, algumas dicas:
.- Classificação química: álcool;.
- Está sempre ligado a outras moléculas, entre elas os fosfolípedes;
.- Esse conjunto se associa às lipoproteinas;
.- As lipoproteinas conteem colesterol, triglicerides, proteinas e fosfolípede;
.- As quantidades desses elementos variam, determinando o nome de cada unidade:
...- Mais rica em triglicerides é denominada VLDL;
...- Mais rica em colesterol é LDL;
...- Mais rica em proteina é HDL;
...- HÁ DIFERENÇA DE DENSIDADE, PESO E TAMANHO DESSAS MOLÉCULAS.
.
No meu modo leigo de pensar, é plenamente possível identificar e eliminar as moléculas indesejáveis.
.
ONDE ESTÁ A MÁQUINA CAPAZ DESSA SINGELA FAÇANHA ????????
.
.

Até a próxima, grande abraço.
.Clóvis de GuarajubaONG Ande & Limpe

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

O MUNDO RURAL...

O MUNDO RURAL.
.


.
A maioria dos Bancos possui um departamento chamado "Carteira de Crédito
Agrícola", que tem como principal função fiscalizar a aplicação dos empréstimos
feitos para a agricultura e pecuária. Tal fiscalização é feita por funcionários que
visitam a propriedade rural e elaboram relatórios técnicos da situação encontrada,
quanto ao destino real dos recursos emprestados. Pinçamos alguns trechos desses
relatórios e os transcrevemos abaixo exatamente como foram redigidos:
.
- Visitamos o açude nos fundos da fazenda e depois de longos e demorados estudos,
constatamos que o mesmo está vazio.
.
- Era uma ribanceira tão ribanceada que se estivesse chovendo e eu andasse a
cavalo e o cavalo escorregasse, adeus fiscal!
.
- Na minha opinião acho bom o Banco suspender o negocio do cliente para
não ter aborrecimentos futuros.
.
- O sol castigou o mandiocal. Se não fosse esse gigantesco astro, a safra seria de
acordo com as chuvas que não vieram.
.
- COBRA!!! Comunico que faltei ao expediente do dia 14 em virtude de ter
sido mordido pela peçonhenta epigrafada.
.
- Se não fosse o sol tudo indicava que a chuva aumentasse a safra.
.
- A casa de farinha nunca foi pra frente porque o mutuário que fez o empréstimo
deu pra traz e nunca mais se levantou.
.
- Fui atendido na fazenda pela mulher do mutuário. Pelo que fiquei sabendo,
ninguem quer compra-la mas sim explora-la.
.
- Imóvel de dificil acesso. O mato tomou conta de tudo, deixando passagem
so para animal rasteiro. A próxima vistoria deve ser feita por fiscal baixinho.
.
- A máquina elétrica financiada é toda manual e velha. O fazendeiro financiou
a máquina elétrica, mas fez todo o trabalho braçalmente e animalmente.
.
- O gado está gordo e forte, mas não é o financiado e sim o emprestado so para
fins de vistoria. Enquanto isso o filho do fazendeiro está passando férias na DISNEY.
.
- Trajeto feito a pé porque não havia animal por perto, só o burro do fazendeiro.
Despesas de locomoção grátis.
.
- Mutuário adquiriu aparelhagem para inseminação artificial mas um dos touros
holandeses morreu. Sugerimos o treinamento de uma pessoa para tal função.
.
- A erradicação das plurieuforbiáceas carece das condições pluviométricas ideais.
.
- As garantias permanecem em perfeito estado de abandono. Cliente vive
devidamente bêbedo, devendo aos bares e a Deus e o mundo.
.
- A euforbiácea foi substituida pela musácea sem o consentimento e autorização
do nosso querido Banco.
.
.
Um ótimo final de semana a todos. Abraço,
.
.
Clóvis de Guarajuba
ONG Ande & Limpe

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

CONSIDERAÇÕES SOBRE O INCESTO.

.
.
Fico pensando frenquentemente, nas inimagináveis transgressões que o ser
humano é capaz de cometer. Algumas vezes, custo a acreditar que sejam possiveis
atos perpetrados por alguns seres ditos humanos. O exemplo mais recente e até hoje
não digerido por mim, foi o suposto assassinato da menina de que o próprio pai foi
acusado e condenado lá em São Paulo ( o caso Nardoni ). Há, porém, atitudes que
podem a princípio parecer a nós, considerados "civilizados", verdadeiros absurdos
mas que, se forem estudados criteriosamente, nos levarão a mudar de opinião.
Veja, por exemplo, o caso daquele individuo que foi preso e execrado lá no
Maranhão, por viver maritalmente, no meio do mato, com as filhas e até netas.
Mergulhemos, por um momento, apenas como exercício de imaginação, no universo
desse indivíduo. Logo perceberemos que seus horizontes são necessarimente
limitados ao que os sentidos detetam. Embora sem cultura formal porém, está longe
de ser alguém sem raciocínio. A quem cabe a culpa se, ao tomar determinada atitude,
incorreu em erro legal? Ele vem desde cedo ouvindo estórias da carochinha contadas
por religiosos em geral, especialmente por padres e pastores, que " ensinam ", com muita
 veemência e convicção, a teoria bíblica do criacionismo: Deus teria criado Adão e Eva a
 partir dos quais nasceram todos os seres humanos. Ora, se os dois foram os primeiros,
a primeira geração já foi resultado de incesto se considerarmos que Eva nasceu de Adão
 (ah! que costela). Mas não é dai que surge o exemplo para o matuto imitar, afinal este é
 um raciocínio sofisticado para sua estreita compreensão. É a segunda geração que conta.
Nasceram os filhos e filhas de Adão e Eva ( sendo os mais notórios Caim e Abel, mercê
do fratricídio). E a terceira geração? como surgiu se não resultante do ato sexual  entre
 Adão e filhas, ou entre Eva e filhos, ou ainda entre irmãos e irmãs! Na minha opinião quem
deveria estar preso eram os " pregadores " de tal absurdo e não o pobre e inocente
 tabareu!
.
Um ótimo final de semana a todos, grande abraço, fiquem na paz.
.
Clóvis de Guarajuba
ONG Ande & Limpe

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

GABRIEL, O GALO...




Enquanto viajo, aí vão algumas reprises...

Quando minha primeira mulher se foi (que Deus a tenha em Sua infinita glória), deixou-me,
além da imensa saudade, alguns de seus passatempos preferidos aqui na chácara onde moro.
Mãe, mulher e dona de casa dedicada, tratava com muito carinho os jardins que plantou
com suas próprias mãos, ao longo dos quase  40 anos  em que fomos casados. Tambem
gostava de criar aves, como galinha dangola ( picota, la na minha terra), pato e galinha. Essas
criações, por absoluta falta de jeito, não tive como continuar a implementá-las e, juntamente
com meu caseiro e sua família, fomos comendo seus componentes ao longo de algum tempo.
Ao final, sobrou apenas um pequeno pinto que, por ser tão pequeno, ficou livre e solto no
quintal. Ele crescia quase desapercebido, quando numa bela antemanhã, fui despertado por
um desafinado e esganiçado canto (?), que pretendia ser um "co-co-ro-có ".  Aos poucos, nos
dias que se seguiram, o canto foi se tornando mais estridente e afinado, até que, finalmente, já
se fazia ouvir na vizinhança. Ocorre que, sentindo-se o autêntico "dono do terreiro", cantava a
qualquer hora do dia ou da madrugada, quase sempre vindo fazê-lo bem perto da janela do
meu quarto! Embora com tratamento acústico e, geralmente com o ar condicionado ligado, o
canto invadia estridente minhas madrugadas, interrompendo abrutamente meu sono mais
gostoso. Um dia, resolvi botar um fim a essa "falta de respeito" e mandei o caseiro abater o
galo, que, batizado pela minha atual mulher - SANDRA - com o nome de GABRIEL, deveria
ser, assado de forno, o "pièce de résistance" no almoço do dia seguinte. Notei algo de estranho no olhar do
caseiro, ao receber a determinação. Ainda assim, cumpriu a ordem e, no dia seguinte, depois
de preparado por sua mulher, me foi servido no almoço. Estranhei o fato do GABRIEL vir pra
minha mesa inteiro, pois havia dito que eles poderiam comer a metade. Chamei os dois e, ao
insistir para que levassem parte do galo, disseram que agradeciam muito mas que já haviam
almoçado. Querendo bancar o durão na frente dos dois, cortei um pedaço do GABRIEL, botei
no prato, espetei no garfo... mas não tive coragem de levá-lo à boca!... Naquele momento minha
mente registrou, num relance, cenas de antropofagia vistas alhures, em histórias lidas e vistas em
filmes. Levantei, peguei a bendeja com o galo, andei em silêncio para um local arborizado, mandei
o caseiro (que me seguira em silêncio ao lado da esposa) cavar um buraco na areia e depositei
aqueles despojos. Hoje, pode-se ler na placa de cimento que cobre o túmulo:

"AQUI JAZ O NOSSO QUERIDO GABRIEL."


Excelente final de semana, abraço para todos os amigos e visitantes.

Clóvis de Guarajuba
ONG Ande & Limpe

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

- A LIÇÃO QUE VEM DE BAIXO...

                                                           
                                                       - foto Internet -

Era outono. Sentado em um banco de jardim, fiquei observando algumas folhas que caíam das árvores, derrubadas pelo passar do vento. Tudo na natureza tem chegadas e partidas, idas e vindas, nascimento e morte. As folhas, quando verdes, apegam-se aos seus galhos resistindo, obstinadas, às tempestades. Mal começam a amarelar, porém, perdem, naturalmente, a resistência e, sem nenhuma lamentação, deixam-se levar pela inexorável roda da vida. Algumas são levadas precocemente pela mão que poda. para revigorar a vida. Mortas, embora, não perdem a utilidade. Transformam-se em adubo para as outras plantas. De repente, tenho minha atenção despertada por uma fila de formigas que passam diante de mim. Passo a observá-las atentamente e fico maravilhado com o trabalho que desenvolvem em prol da comunidade. Em busca de suprimentos para armazenar antes do inverno que se aproxima, trabalham arduamente, somando para depois dividir, respeitando a lei da sobrevivência. Levam para o mesmo destino pequenas cargas de folhas compatíveis com suas possibilidades. Noto, porém, que uma delas tem um enorme fardo, bem maior do que pode carregar; anda um pouco mas logo para, talvez juntando forças para prosseguir. De repente, uma de suas companheiras ainda sem carga nas costas, parece perceber o enorme esforço, deixa a fila e, apressando o passo, vem socorrer sua extenuada semelhante. Onde será que ela aprendeu a ser solidária? Seria instinto puro e simples? Jamais saberemos. E ela coloca-se ao lado da companheira e, juntas, dividem o peso caminhando lado a lado no mesmo passo. Vendo esta cena penso comigo mesmo no quanto ainda tenho de aprender e crescer, embora já em idade avançada. E sinto-me menor do que esses pequenos insetos sem inteligência, sem coração e sem emoção. E lá se foram as duas com seu fardo até  desaparecerem ao entrar no ninho, local do armazenamento. Contemplo o restante da fila que prossegue em seu trabalho e me pergunto: quem somos nós, os humanos? Tantos filósofos, tantas religiões, tantos gurus, tantos mestres e ainda não sabemos dividir os fardos de nossas vidas com amigos, vizinhos, conhecidos ou qualquer um dos nossos semelhantes. Muitas vezes nem com aqueles que vivem sob o nosso teto ou que nos dão " bom dia " sempre que nos encontram.
Encontrei solidariedade, sabedoria, lição de vida e harmonia em um pequeno e singelo jardim. Levantei, olhei para o sol radiante e refleti agradecido: Folhas mortas, formigas...
Abaixo dos nossos pés se esconde uma grande sabedoria.
Jamais se ouviu o lamento das folhas que caem quando chega seu fim!
Jamais se ouviu o lamento de uma formiga que trabalha horas a fio, desviando em sua trajetória de diversos obstáculos.
Aprendi que antes de me lamentar pelos percalços da vida, devo, a partir de hoje, olhar para o chão...


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

- O BARBEIRO COM RESPONSABILIDADE SOCIAL.




                                                             - foto Internet -
                                                 

Cidadão cumpridor de seus deveres, aquele barbeiro não se contentou com este fato, embora já exercitasse sua cidadania, cumprindo com esmero e dedicação suas funções.
Naquele dia resolveu trabalhar de graça, dando  com isto sua contribuição para o bem estar da comunidade do seu bairro. O primeiro cliente que chegou para cortar o cabelo - um vendedor de flores - ao final do atendimento perguntou quanto teria que pagar.
- Não posso aceitar seu pagamento, porque hoje estou prestando serviço comunitário...respondeu.
O florista, depois de agradecer, foi embora muito feliz.
No dia seguinte, encontrou em frente à porta, um buquê com uma duzia de rosas e um cartão de agradecimento, enviados pelo florista.
Pouco depois chegou um padeiro para cortar os cabelos. Após terminar, perguntou quanto era e recebeu a mesma resposta:
- Não posso receber o pagamento. Hoje estou prestando serviços comunitários.
O padeiro dicou muito contente e foi embora; no dia seguinte, ao chegar para o trabalho, o barbeiro encontrou uma cesta de pães variados, com uma nota de agradecimento do padeiro.
Depois de atender muitos clientes ao longo do dia, pouco antes de fechar a barbearia, eis que chega um deputado para cortar o cabelo. Novamente, ao pedir a conta no final, recebeu a mesma resposta dada a todos:
- Não posso receber seu dinheiro porque hoje estou prestando serviço comunitário...
O deputado ficou muito feliz e foi embora esfregando as mãos.
No dia seguinte, ao chegar para abrir a barbearia, havia uma fila de deputados esperando pra cortar o cabelo.
Foi aí que o barbeiro, depois de explicar que o serviço comunitário, por motivos óbvios, foi prestado apenas no dia anterior, recordou aquela famosa frase do Eça de Queiroz:

" OS POLÍTICOS E AS FRALDAS DEVEM SER TROCADOS FREQUENTEMENTE E PELA MESMA RAZÃO..."

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

- O EXEMPLO NATURAL.



                                                                          - Carvalho e Eucalipto -
                                                                                     Internet

Você certamente já ouviu a expressão " jogo de cintura "; pois bem, há nas nossas vidas, a todo momento, ocasiões em que esta postura é exigida, sob pena de transformarmos em risco vital, episódios a primeira vista, graves, mas que acabam por perder o significado pouco depois
Podemos pinçar da própria natureza exemplos significativos que certamente nos ajudarão a suportar com altivez, todos os percalços que aparecem ao longo da vida.
Escrevo este artigo, pensando nas palavras postadas em uma página social por uma querida sobrinha, nas quais ela demonstra estar atravessando uma situação adversa. Pra ela, em especial, vou apresentar a seguir, um veemente exemplo de como proceder para suportar qualquer tormenta:
O eucalipto e o carvalho são duas árvores muito bonitas e até semelhantes no visual; no entanto, em suas essências, guardam uma diferença cósmica, quando precisam enfrentar uma tempestade. O carvalho, por ser tão duro, resiste às tempestades sem ter nenhuma maneabilidade. Assim, de tanto oferecer resistência, acaba por se quebrar e muitas vezes, ao passar a borrasca, jaz lascado e abatido no chão. A morte, muitas vezes, é seu destino final.
 O eucalipto, no entanto, sabiamente se curva diante da tempestade, porque é maleável, flexível e prefere dizer não ao enfrentamento e, passada a tormenta, retoma com altivez seu ciclo vital, naturalmente intacto.
Tal qual o carvalho, sairemos seriamente machucados se nos endurecermos frente aos problemas que a vida nos oferece. Aceitar e ter flexibilidade, é a melhor maneira de enfrentar e absorver as experiências desagradáveis com que certamente nos encontraremos.
Sejamos inteligentes e aprendamos cada uma das lições apresentadas nesta vida porque, cada uma delas, poder-nos-á ser útil lá mais à frente!

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

- TEMPO PERDIDO? Que tempo???



                                                                    Imagem da Internet

Por que nos cobramos tanto!? Fez o que era possível fazer naquela ocasião e não deu certo? E daí!? O possível, às vezes, é quase nada. Então não se culpe e não perca a paciência; apenas espere.
Faça como o agricultor que se transforma em meteorologista antes de semear. Olha para o tempo e, se achar que não vei chover, não semeia. Se a chuva veio,apesar de sua previsão, ele apenas aguarda a próxima oportunidade. Mas tem a mais clara consciência de que, se a chuva não vier, perderá toda a semente, o dinheiro e o trabalho e, se a chuva vier em demasia, perderá tudo, igualmente, pois o excesso de chuva pode arrancar do solo as sementes.
Não pense  que o tempo de espera é inútil: se aquele emprego que você esperava não veio, quem sabe se não virá outro melhor depois?
O relacionamento acabou? É porque não era esse o seu verdadeiro amor!
E o concurso que você fez, não passou? Talvez seja porque você não seria feliz nesse trabalho.
Perdeu o avião? nada de estresse: será que você não se livrou de terríveis turbulências que obrigariam você a chegar atrasado ao destino ou talvez nem chegar?...
Por que ficar preocupado com a próxima segunda-feira se estamos na quinta e sequer temos certeza que chegaremos lá, na segunda?
Ligue-se no hoje.
Lembre-se que o tempo não existe. Ele é apenas uma convenção que o homem criou pra medir sua fragilidade e insignificância. O Universo não tem nada a ver com o nosso tempo. O Universo é eterno. Lembra do Lavoisier?: ...nada se perde, tudo se transforma.
O Universo não caminha com o relógio; pra ele o tempo não existe.
Então entenda que só o AGORA interessa!
Viva este momento. Só ele é o seu tempo; o resto é aventura, é sonho ou pesadelo, depende das suas emoções.
Sempre que tiver uma chance, faça o bem, cultive a paz e a harmonia.
O melhor dia da sua vida é o hoje. Divirta-se!!!

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

- PRETEXTO PERFEITO: O incêndio do Parlamento Alemão.



                                                                  - imagem da Internet -



No dia 10 de janeiro de 1934, o holandês de 24 anos, Marius van der Lubbe, foi executado sob a acusação de ter provocado o incêndio que destruiu o Reichstag. Isto era verdade ou foi apenas um pretexto para os nazistas conseguirem tornar Hitler um ditador com plenos poderes?
Às 21 horas do dia 27 de fevereiro de 1933, o estudante de teologia Hans Flotter, ao passar em frente ao edifício do Parlamento, teve sua atenção despertada pelo ruído de vidro quebrado proveniente de uma das janelas do primeiro andar. Ao erguer a cabeça, pode ainda vislumbrar um homem que tinha nas mãos uma tocha. Apressou-se em alertar um sargento da Polícia que se encontrava nas proximidades, que correu imediatamente e disparou sua arma contra aquele vulto  Já, às 21 horas e 40 minutos, ou seja, em apenas 13 minutos, já se contavam em frente ao prédio incendiado nada menos que 600 carros de bombeiros!...
Foi na sala Bismarck que um policial prendeu o holandês, banhado em suor e nu, da cintura pra cima.
- Ajo em protesto! disse Marius van der Lubbe e acrescentou já ter tentado incendiar outros prédios públicos. Hitler que fora eleito Chanceler há apenas 27 dias, aproveitando o efeito político do incêndio, foi declarado o Fuhrer do III Reich.
 Afirma-se que, quando Hermann Goering o informou, Hitler teria declarado :
- É um sinal do céu. Isto é o começo da insurreição comunista! Todos os oficiais e deputados comunistas devem ser executados ainda esta noite. Não pode haver misericórdia!!!
De um dia para o outro, 5000 comunistas tinham sido presos, sendo que, em poucos dias, 4 dirigentes foram executados.
Em março de 1933, os nazistas ainda não tinham obtido a maioria de dois terços necessária para assumir o poder total o que só foi possível com a ausência dos deputados comunistas.
Os peritos em incêndio declararam que aquilo não poderia ter sido obra de apenas um homem. Deveria haver , pelo menos, mais 6 ou 7 cúmplices. Os 4 supostos cúmplices que foram apresentados ao Tribunal, porém, foram absolvidos por absoluta falta de provas. O mundo todo acreditava que foram os próprios nazistas que provocaram o incêndio, com o objetivo de conseguir a transferência para Hitler, de todo o poder político e administrativo. Os comunistas sugeriram num comunicado, que o próprio Goering e um grupo de cúmplices, haviam usado uma passagem secreta para incendiar o Reichstag, retornando depois
pelo mesmo caminho.
Durante o julgamento de Nuremberg, o general Halder, chefe do Estado-Maior Alemão, declarou ter ouvido uma declaração de Goering, que, com jactância disse:
- A única pessoa que sabe o que aconteceu com o Reichstag sou eu!
Goering negou ter feito tal declaração, porém, como era de conhecimento geral, os nazis eram mestres na
mentira. A verdade é que ninguém, até hoje, tem certeza da verdadeira história deste incêndio.



                                                   

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

- MUDANÇAS DE EXPRESSÕES - e de pessoas -.

                                                                     
                            Na foto de cima, eu com 30 anos de idade; na de baixo, eu atualmente aos 74.
                                                                     - mudanças radicais -                                        

Já vivi bastante. Durante meus 74 aninhos já assisti muitas e profundas mudanças. Nenhuma me impressionou mais do que o dinamismo da linguagem. Assim, estive rememorando alguns termos e expressões que sofreram mudanças radicais, os quais passo a declinar:

          Como era                Como é                                    Como era                      Como é

-viado/fresco                     gay                                       -amante                             namorada
-baile/discoteca                 balada                                  -obrigado                           valeu
-rouge                               blush                                    -ancião/coroa                     véi
-cafona                              brega                                   -entrevista                          talk-show
-reclame                            comercial                             -calça cocota                     calça cintura baixa
-flertar/paquerar                dar mole                              -oi/olá/como vai                  e aê?!
-imitação/cópia                 genérico                               -mamãe, posso ir?             véia, fui!
-legal/bacana                     manero/irado                       -pasta de dente                  creme dental
-cansaço                           estresse                               -desculpe                           foi mal...
-ficou chateada                 ficou retada                          -preste atenção!                 se ligue!
-por favor                         quebra essa                         -recreio                              intervalo
-radio de pilha                   ipod                                    -manequim                         modelo/atriz
-retrato                             foto                                     -jardineira                           macacão
-ouviu?/entendeu?             copiou?                               -gafe/fora                            mico
-fofoca/ti,ti,ti                     babado                                -fotocópia                          xerox
-professor de ginástica      personal                               -brilho labial                       gloss
-bola ao cesto                  basquete                               -folhinha                             calendário
-faxineira                          diarista                                 -vou verificar                      vou estar verificando
-vidro fumê                       insulfilm                                -reformar/tingir roupa         customizar
-dar no pé/sair                  vazar                                    -embrulho                          pacote
-tristeza                            deprê                                   -beque                               zagueiro
-forte/atlético                   sarado                                  -laquê                                 spray
-derrame cerebral            AVC                                    -chapa dos pulmões            raio X
-sua bênção, papai           qualé, coroa!                        -tem certeza?                      fala sério!...
-alisamento                      chapinha                               -buteco no fim da tarde       happy hour
-costureira                       estilista                                  -negro/preto                       afro-descendente
-senhor                            tiozinho                                 -puta                                  garota de programa

...e vocês, nos comentários, podem acrescentar outras tantas que certamente conhecem.

                                                    Obrigado
 

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

- Ainda mistério - MAMUTES - final -


                                                  Furacão Gigante
                                                      Internet


E prossegue a explicação para esses fenômenos:
Numa erupção tão violenta, o planeta não apenas expeliria lava de suas entranhas, mas se produziria também uma grande quantidade de gases vulcânicos que igualmente seriam despejados violentamente
 na atmosfera.
Lançados estes gases em altitudes bastante elevadas e atingindo as camadas superiores da atmosfera,
 seriam congelados à temperaturas assombrosamente baixas. Depois, durante o cataclismo, descreveriam uma espiral em torno da Terra, finalmente descendo sobre a camada de ar quente, que atravessariam
sob a forma de violentíssimas rajadas nas zonas menos espessas, precipitando-se a velocidades inimagináveis sobre a superfície do Planeta.
Nas zonas atingidas por esses gases, verificar-se-iam temperaturas assombrosamente baixas, de menos cento e cinquenta graus centígrados, necessárias para o congelamento de todos os animais, inclusive os mamutes.
O mamute encontrado na Sibéria estaria pastando calmamente na tundra quando sobre ele se verificou
 um frio tão intenso que imediatamente gelou seus pulmões e, literalmente, transformou todo o seu sangue
 em uma massa congelada. Em alguns segundos morria e em poucas horas se transformaria numa estátua pétrea que, pelo enorme peso, começava a afundar-se na terra, mais e mais e, ao longo do tempo, passaria a ser coberto por camadas sucessivas de poeira.
Concomitantemente o frio teria sido acompanhado por violento tufão, nunca dantes registrado, capaz de levar de roldão outros animais da época tais como rinocerontes lanosos, leões, tigres, mamutes, bisões e castores, depositando-os, todos, na encosta de uma montanha, transformados em uma massa sólida - embora mantendo suas individualidades - que permaneceria ao longo do tempo, enredada entre um emaranhado de árvores, pedras e terra.
Este quadro, embora terrível, não pode nos trazer a certeza de que não voltará a se verificar no futuro,
 pois sabemos que o planeta esteve, está e estará o tempo todo em contante e inexorável mutação, tanto
 por fenômenos naturais como pela ação dos seres vivos, destacando-se a ação do homem.


                                                               F I M

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

- Ainda mistério - MAMUTES - II -


                                                        - Fenda ocasionada por terremoto -
                                                            imagem do filme "Terremoto"
                                                                          Internet

Segundo declararam peremptoriamente os especialistas em congelamento de carnes, não havia nenhuma possibilidade de congelar um animal tão grande, nas temperaturas de frio modesto verificadas no gelo ártico. A tal temperatura o congelamento se processaria lentamente, o que acarretaria a formação de cristais nas células dos tecidos, arrebentando-as e desidratando a carne, o que a tornaria imprópria para o consumo, fato que não se verificou.
São necessários cerca de 30 minutos para congelar devidamente uma banda de carcaça de boi a uma temperatura de menos 40 graus centígrados. Para congelar um imenso mamute vivo, protegido por uma grossa pele, segundo os cálculos de peritos, seria necessárias temperaturas extraordinariamente baixas, jamais verificadas naturalmente no planeta, nem mesmo no Ártico, no mais rigoroso dos invernos: abaixo de 150 graus centígrados!
O absurdo de tal teoria é facilmente determinado pelo fato da morte do mamute encontrado em Beresovka, ter morrido subitamente enquanto comia as ervas e os ranúnculos encontrados na sua boca.
De acordo com jardineiros experientes, os ranúnculos botão-de-ouro têm preferência por climas temperados, com frequente alternância de sol e chuva.
O mamute que mastigava tranquilamente os vegetais, numa planície de temperatura amena, onde esses alimentos floresciam abundantemente ao sol, foram súbita e repentinamente, de acordo com especialistas, submetidos a um frio tão intenso, que ficaram congelados instantaneamente nos locais onde se encontravam. Estes são os fatos incontestes. Cabia aos cientistas  a explicação de como se processara tal fenômeno, não somente no Beresovka, mas em muitos locais da Sibéria setentrional e do Alasca, onde ficaram súbita e inexplicavelmente congelados os gigantescos animais.
Nenhuma variação nas condições climáticas era conhecida para explicar o súbito congelamento de um número tão significativo de animais de dimensões tão avantajadas e separados entre si por milhares de quilômetros. Somente uma catástrofe de dimensões inimagináveis poderia ter sido a causa de tal fenômeno. A ocorrência simultânea de dois fenômenos naturais - uma erupção violenta e um terremoto de grandes       proporções - seriam as provas que explicariam tudo.
A espessura da crosta terrestre, compreendida entre 30 e 100 k, é composta de várias placas, chamadas tectônicas, que exercem enorme pressão umas sobre as outras e flutuam sobre o interior do planeta em fusão. Tais pressões podem ocasionar violentos terremotos e erupções. Imagina-se que foi aberta uma enorme fenda na crosta terrestre, em consequência de um gigantesco abalo sísmico, o que provocou a morte de   todos os mamutes.

                                                               - continua -

sexta-feira, 31 de julho de 2015

- Ainda mistério - MAMUTES - I -

                                                         Mamute de 20.000 anos
                                                               - foto Internet -


Durante muitos anos a descoberta de um mamute ajoelhado na margem do rio Beresovka,
na Sibéria, encheu de perplexidade o mundo científico. O gigante, em perfeito congelamento
 e excelente estado de conservação, ainda guardava na boca ranúnculos botão-de-ouro
 ( Ranunculus repens ). No início despercebido, este achado iria fornecer uma pista sobre um
terrível acontecimento da história geológica do planeta.
Apresentando afinidades com os elefantes, os mamutes eram animais muito peludos, que viveram
 neste Mundo por meio milhão de anos e foram extintos há cerca de 20 mil anos. No norte da Sibéria
 e do Canadá e  no Alasca, territórios permanentemente congelados, muitos destes antigos animais
 podem ser ainda encontrados em estado de congelamento perpétuo.
Apesar dos milhares de anos decorridos, a sua carne ainda está em condições de ser consumida,
segundo aqueles que a comeram. Corpos de outros animais também foram encontrados nas mesmas circunstâncias e no mesmo estado de congelamento, caídos desordenadamente entre carne retalhada e montes de ossos. De acordo com os cientistas, há uma explicação fácil para a ocorrência da tal
hecatombe: Manadas de mamutes compostas por milhares de animais, vagavam ininterruptamente
pelas  planícies árticas, alimentando-se de vegetais que ainda hoje cobrem estes lugares, durante o
 verão. Não raro, alguns destes animais ficavam presos no gelo ou precipitavam-se em alguma fenda
 oculta, ficando congelados e mantendo-se em perfeito estado de conservação ao longo dos tempos.
A explicação que parecia óbvia, era, porém, totalmente equivocada.
O local onde os esqueletos foram encontrados foi a primeira objeção: não se ajustava à teoria exposta. Vastas áreas do Ártico são cobertas de gelo, mas a maior parte da tundra é composta de areia, lama dos rios e argila, ligados entre si pela água gelada. Os mamutes, porém, não foram descobertos no gelo e sim nas camadas de lodo. Além disso, durante o período em que os corpos foram congelados, não havia glaciares na Sibéria, a não ser no alto das montanhas, local impossível para os mamutes pastarem.
Surgiu, então, uma nova teoria segundo a qual os animais teriam sido arrastados pelas correntes dos
 rios até sua foz, onde teriam atolado e, devido ao seu enorme peso, se enterraram na lama. Mas, e os animais encontrados na tundra onde não havia rios; como explicar? Além disso, eles não podiam ter se afogado pois muitos foram encontrados ainda de pé, congelados na posição em que haviam morrido.
Foram consultados especialistas no comércio de carne congelada. Suas explicações, porém, em vez de esclarecimentos, tornou ainda mais intrigante o mistério...

                                                             - continua -

sexta-feira, 24 de julho de 2015

- Mistérios a desvendar - Os DINOSSAUROS - final -

                                                             Fóssil contorcido



No ano de 1972 foram descobertos 8 ovos de dinossauros por uma equipe da Universidade de Bona, nos Pirineus Franceses, perto de Corvières. Tais ovos revelaram o enfraquecimento das cascas, sintoma ocasionado por distúrbios hormonais provocados por alterações no meio ambiente e que hoje ameaçam a sobrevivência de inúmeros tipos de aves e répteis. Quando este fenômeno acontece, as cascas tornam-se muito frágeis se quebrando prematuramente ou não fornecendo o cálcio necessário e suficiente para alimentar os embriões que eventualmente os ovos contenham. O excesso populacional é uma das circunstâncias que podem levar a esta situação.
Contudo, os dinossauros já estavam irremediavelmente condenados ao desaparecimento, uma vez que sua excessiva aglomeração em alguns lugares indicava que o seu meio ambiente estava gravemente ameaçado.
Morte pelo frio? O fim dos dinossauros coincidiu com o término do período cretáceo, de temperatura mais amena. A crosta terrestre, durante este tempo, viu formarem-se grandes cordilheiras, fenômeno que teria influído não só no clima, arrefecendo-o, mas também na vida vegetal.
O frio rigoroso obrigou que uma enorme quantidade desses colossais animais se juntassem em tal concentração, que os locais mais quentes onde se deu a aglomeração, não tinha como sustentar a todos. Além disso, já uma enorme quantidade deles havia perecido, vítimas do próprio frio. Mas o maior exterminador dos dinossauros, foi o aparecimento entre a vegetação, de inúmeras espécies vegetais que, embora de aspeto inocente, eram mortalmente venenosas.
Foi o Professor Tony Swain, dos Kew Botanical Gardens, que apresentou, em 1974, a teoria descrita acima, baseando-se no fato de os répteis possuírem papilas gustativas pouco apuradas. Durante a exposição de seus argumentos, o Dr. Swam chamou atenção para a constatação de que os dinossauros necessitavam ingerir quantidades espantosas de plantas, em sua maioria fetos. Calcula-se que o hadrossauro, por exemplo, diariamente consumia entre 200 e 400 kg de vegetais. Há cerca de 120 milhões de anos surgiram as primeiras plantas perniciosas, em cujo interior se formavam compostos químicos com quantidades progressivamente maiores de alcaloides. Testes efetuados atualmente com répteis indicam que, provavelmente, os dinossauros seriam incapazes de distinguir o sabor dos alcaloides e, considerando a enorme quantidade de alimentos que ingeriam, ter-se-iam envenenado. O Dr. Swan apontou um fator comum nos fósseis de dinossauros: todos são frequentemente encontrados em posições retorcidas, semelhante aos animais mortos sob os efeitos de envenenamento com estricnina. Deve-se, talvez, ao envenenamento por alcaloide, o enfraquecimento da casca do ovo, tal como aconteceu século passado com o DDT. Claro que, com a extinção dos dinossauros herbívoros, seus predadores carnívoros pereceram de inanição.
Novas espécies passaram a dominar o mundo animal, os mamíferos primitivos, alguns dos quais se tornariam
 mais tarde os mais antigos antepassados do homem que durante algum tempo passaram a herdar a Terra!


                                                                       F I M

sexta-feira, 17 de julho de 2015

- Mistérios a desvendar - OS DINOSSAUROS - II -


                                                                       Herbívoro

                                                                          Carnívoro


Vamos então enunciar as outras teorias, apenas aprioristicamente mais aceitáveis:
- Os dinossauros teriam sucumbido por doenças e parasitas: não é aceitável que tão
 grande número de espécies e subespécies pudesse ser afetadas por uma epidemia,
ao mesmo tempo e em lugares tão diversos;
- Radiação cósmica: a explosão de uma estrela supernova ocorrida em algum lugar
da nossa galáxia, teria provocado a sua extinção, pelo aumento brutal da radiação
ocasionada. Há, porém, uma pergunta a ser respondida: Por que os mamíferos primitivos
 em grande número, existentes na época, não foram afetados por tal radiação?
- Inanição: depois de devorarem todos os dinossauros herbívoros, os carnívoros morreram
 de fome. A explicação pode ser apresentada também, com o seguinte enunciado: a medida
que os herbívoros morriam pelas mais variadas razões, os dinossauros carnívoros também
desapareciam por absoluta falta de presas para se alimentarem;
- Constituição física inadaptável: ganha alguma credibilidade a hipótese segundo a qual as
dimensões destes já imensos animais, aumentaram demasiadamente em relação ao seu meio
 ambiente. Realmente foram encontrados alguns fósseis que apresentavam a glândula pineal
 - que controla o crescimento - excessivamente grande. Uma mutação genética poderia ter
 provocado uma alteração no funcionamento desta glândula, interferindo no seu metabolismo
 e causando a destruição das espécies. Contra tal teoria existe porém o fato de também terem
 sucumbido na mesma época, espécies menores como, por exemplo, o Hipsilophodon, de
apenas, mais ou menos, 2,5 metros de comprimento.
- Raquitismo cerebral: esta teoria é baseada unicamente numa característica exclusiva do
chamado " réptil blindado ", denominado de Stegosaurus, que apresentava uma grande placa
óssea em torno da cabeça. Eles tinham 9 m de comprimento mas seu cérebro não era maior
 do que uma avelã.
- Destruição sistemática de ovos: é claro que muitos animais devoravam os ovos dos
 dinossauros. Daí, porém, a admitir que tal fato chegasse ao ponto de provocar sua extinção,
 seria a mesma coisa que aceitar a extinção iminente dos jacarés e quelônios de hoje, cujos
 ovos são devorados em profusão.
- Senilidade: a ideia de que os dinossauros sofreram uma espécie de envelhecimento racial
 é difícil de conciliar com o fato de serem tão abundantes e ativos.
Há alguns anos foram apresentadas algumas novas teorias com fundamento científico,
 interligadas por alguns pontos e, embora o mistério possa nunca ser inteiramente decifrado,
os dados obtidos começam a ajustar-se, como se fosse num imenso puzzle ( quebra cabeça )
biológico. Mas isto é assunto para a próxima
postagem...

                                                              - continua -

sexta-feira, 10 de julho de 2015

- Mistérios a desvendar - OS DINOSSAUROS - I -


                                                                - Imagem da Internet -


O reino animal era dominado pelos dinossauros, situação que perdurou por 140 milhões de anos.
 Reinavam nos pântanos, rios, selvas e planícies do planeta. Depois, há 65 milhões de anos -
de acordo com os mais modernos cálculos - estes répteis gigantescos, inexplicável e
subitamente desapareceram  da superfície terrestre. Trata-se, este desaparecimento,
 de um mistério ainda não desvendado pela ciência, tornando-o ainda mais intrigante
 se levarmos em consideração que não
 existia apenas uma, mas centenas de espécies e subespécies destes colossos. Alguns
 eram muito
 lentos mas outros eram predadores que se moviam rapidamente.
Até há pouco tempo, os paleontologistas pensavam que estes répteis tinham um limitado
 coeficiente
 de inteligencia. Estudos recentes, porém, indicam que, neste quesito, não eram diferentes
dos atuais
 animais da espécie.
Ossadas fossilizadas de dinossauros têm sido descobertas em todos os continentes.
 Entretanto, até recentemente, os cientistas não encontravam nenhum motivo que justificasse
 a extinção global destes animais. Por esta razão e para tentar uma explicação coerente,
 surgiram inúmeras teorias, algumas beirando o absurdo:
- Ataques de extraterrestres deslocando-se em discos voadores;
- Falta de espaço para eles na arca de Noé;
- Perseguição implacável levada a cabo pelos homens das cavernas. ( os dinossauros
 desapareceram milhões de anos antes do aparecimento do homem sobre a Terra! );
- Surgimento das fossas do Pacífico, ocasionado pela separação de grandes quantidades
 de matéria terrestre, acompanhado por fenômenos cataclísmicos. ( se tal fato aconteceu
 - o que a maioria dos astrônomos nega - teria ocorrido  milhões de anos antes do surgimento
 de qualquer espécie de vida avançada sobre a Terra;
- Suicídio maciço, semelhante ao dos lêmures, de todas as espécies e em todos os lugares,
simultaneamente;
- Os dinossauros  teriam sido atacados por uma espécie de " cansaço da vida ", morrendo de
 pura inanição. Tal teoria recebeu até um nome: Paleoweltschmerz.
 Na próxima semana - sempre às sextas-feiras - continuaremos apresentando as outras teorias
 que me parecem mais aceitáveis...


                                                                   - continua -